Torneio Leiteiro

A primeira edição ocorreu em 2006, foram nove ordenhas consecutivas com esgota no início do torneio. Contou-se com a participação de doze vacas e oito produtores, a média geral foi de 66,6 kg, sendo a recordista a vaca Priscila, com produção de 77,3 kg de propriedade do Sr. Raul Fernando Los.
Em 2007, o torneio teve alteração no regulamento passando a ter onze ordenhas, sendo que as duas maiores pesagens eram excluídas. Tivemos treze vacas adultas pertencentes a oito produtores, 75,6 kg de média. A recordista Fini M. Storm Nette 2917 produziu 93,5 kg sem exclusão das duas maiores pesagens, de propriedade do Sr. José Hélio de Souza.
Seis produtores com dez vacas participaram do torneio leiteiro em 2008, o regulamento do torneio foi o mesmo acrescentando a avaliação extra-oficial do teor de gordura, proteína, lactose, CCS e N-uréico no leite, possibilitando quantificar a secreção total de sólidos em quilogramas por vaca por dia. O principal objetivo era alinhar altas produções de leite com produção de sólidos, item importante para valorização do leite por qualidade pela indústria láctea. A produção média foi de 79,1 kg, sendo a recordista do torneio a vaca Fini Rudolph Martha 2903 com 89,4 kg de leite, pertencente ao Sr. Hans Jan Groenwold.
Em 2009 tivemos a criação de categorias por cronologia dentária (dentes incisivos permanentes na borda da mandíbula): novilha primeiro parto até dois dentes permanentes; categoria vaca jovem, vacas de primeiro ou segundo parto com até quatro dentes permanentes e categoria vaca adulta, vacas com mais de quatro dentes permanentes. O nosso objetivo de possuir uma categoria de apenas dois dentes, incomum na maioria das feiras e exposições é demonstrar a precocidade e produtividade destes animais. O critério de exclusão das duas maiores produções foi mantido.

Tivemos quatorze vacas inscritas e seis criadores, três novilhas, duas vacas jovens e nove vacas adultas. A produção média do torneio foi 69,8 kg. A campeã da categoria novilhas produziu 63,3 kg de propriedade Sr. Lucas Rabbers, vaca jovem 71,0 kg de propriedade do Sr. Fábio Maeda e vaca adulta 89,1 kg de propriedade do Sr. Teunis Groenwold. Os teores e produções de sólidos médio do torneio foram: 3,0% (2,1 kg) de gordura; 2,9 (1,9 kg) de proteína e 4,5% (3,2 kg) de lactose. Totalizando 7,2 kg de sólidos secretados por dia. A produção média de leite corrigido a 4% de gordura foi de 58,8 kg. Nesta oportunidade, pesamos as vacas e calculamos a secreção de energia no leite, sendo que em média as vacas excretaram 4,2 vezes, a exigência de mantença que é função do peso vivo. Com isto, alcançamos o nosso objetivo demonstrar o quanto uma vaca de alta produção é eficiente energeticamente.
Na edição do torneio 2010, foi alterado o regulamento para exclusão das duas pesagens maior e menor produção. Tivemos treze vacas inscritas e somente cinco criadores, quatro novilhas, duas vacas jovens e sete vacas adultas. A produção média do torneio foi 72,2 kg. A campeã da categoria novilhas produziu 71,0 kg, vaca jovem 70,0 kg e vaca adulta 91,4 kg. Todas as campeãs pertencentes ao Sr. Lucas Rabbers. Os teores e produção de sólidos médio do torneio foram 3,1% (2,2 kg) de gordura; 2,8% (2,0 kg) de proteína e 4,6% (3,3 kg) de lactose.
Na edição do torneio leiteiro Agroleite 2011, tivemos 19 animais participantes, a média de produção diária considerando todas as categorias de 72,0 kg, com a produção média de sólidos por dia, 2,1 kg de gordura, 2,0 kg de proteína e 3,3 kg de lactose. A campeã da categoria novilha, Fini Toystory Nette 9250, produziu 68,6 kg, vaca jovem Selva Verde Miranda 3417 produziu 72,11 kg e vaca adulta, Fini Dramatic Heringa 5456, produziu 89,45 kg com o teor médio de gordura 3,00%, proteína 2,76% e lactose 4,66%.
Em 2012, a novidade foi a participação da raça Jersey no torneio leiteiro, divididas em duas categorias: novilhas menor que 36 meses de idade e vacas com idade superior a 36 meses. As campeãs da raça Holandesa categoria novilha, Fini Shottle Nette 9570 com a produção de 67,67 kg, a vaca jovem Harm Mirta Advent 2113 TE com 67,53 kg e a vaca adulta Fini Touchdown Nette 5564 produziu 82,47 kg. Na raça Jersey a campeã da categoria novilha foi o animal 137 Cassiana Duck Barlo de Simão, com 37,87 kg, e a vaca campeã o animal 32 Fani Rueben de Simão com 48,91 kg de leite.
Na edição do torneio leiteiro de 2013, o ápice de produção registrada, a vaca Harm Mirta Oman 1791 atingiu 100,1 kg e sagrou-se campeã na categoria vaca adulta raça holandesa. A produção de sólidos da Mirta foi algo impressionante, 10,1 kg de sólidos por dia. A campeã novilha Harm Penny Blade 2471 com a produção de 69,9 kg. E a vaca jovem foi Harm Jardineira Planet 2313 com 75,9 kg. A raça Jersey não participou este ano.
No último torneio 2014, a campeã vaca adulta raça Holandesa foi a Harm Vera Colby 2135 TE, com 86,51 kg. O animal Fini Doberman Maaike 2416 foi a campeã novilha 2 dentes com 54,5 kg e a campeã vaca jovem o animal Fini Bolton Maaike 1093 com 77,48 kg. Na raça Jersey a campeã novilha foi Macena Restore do Dane´s Sitio com 43,71 kg e a vaca campeã 107 Grazie Dunc Iatola de Simão com 51,80 kg.
Ao completar uma década de torneiro leiteiro do Agroleite, temos a consciência que o trabalho dos produtores na seleção genética, nutrição e conforto animal permitiram excelentes resultados de produção, sem afetar a saúde e longevidades destas excepcionais vacas, sem qualquer utilização de medicamento, injeção e/ou drogas durante o torneio.

Aonde podemos chegar? Todo produtor de leite sonha com uma vaca chamada Smurf, nascida em 13 de setembro de 1996 em Ontário Canadá, alcançou aos 15 anos de vida a produção recorde de 216.891 kg de leite em 27 de fevereiro de 2002. O objetivo central do torneio é permitir que as vacas expressem todo o potencial genético para produção de leite, alinhadas a nutrição balanceada e com todo o conforto necessário, não somente em 11 ordenhas de competição, mas que o produtor seja capaz de transferir estas condições ideais do torneio para dentro das suas fazendas, e com isto, no futuro tenhamos a chance de surgir outras Smurfs.
REALIZAÇÃO
APOIO
PATROCÍNIO DIAMANTE
PATROCÍNIO OURO
PATROCÍNIO PRATA
ASSOCIAÇÕES