Regulamento Torneio Leiteiro

DO  OBJETIVO

Art. 1º - O torneio leiteiro tem por objetivo expressar a capacidade de produção dos animais, e busca a mais perfeita interação de fatores como: genética, nutrição, condições ideais de manejo e conforto que permitem a interação entre o animal e preparador, apresentando sua eficiência biológica na conversão de nutrientes em produção de leite. O Torneio Leiteiro Agroleite se destaca por apresentar a eficiência e desempenho de produção dos animais sem comprometer a saúde e a longevidade das vacas.

DAS INSCRIÇÕES

Art. 2º - As inscrições serão realizadas até o dia 02/08/2018, às 17 horas, na Área de Negócios Leite - Castrolanda Cooperativa Agroindustrial Ltda, com Bruno ou Adrielle ou pelos e-mails: bruno_santos@castrolanda.coop.br e adrielle@castrolanda.coop.br.

Art. 3º - Poderão participar do Torneio Leiteiro Agroleite todos os animais bovinos leiteiros que forem aprovados nos exames de admissão, que tenham sua produção de leite livre de resíduos de medicamentos e estejam inscritos para o torneio leiteiro. O torneio é divido em três categorias: maior produção vaca adulta, maior produção vaca jovem e produção por aproximação.

 Art. 4º - Somente serão aceitas inscrições de vacas cuja parição for prevista para o mínimo de seis (06) dias antes do início do Torneio, pois a produção só pode ser computada a partir do 7º dia de parição.

DOS EXAMES DE ADMISSÃO

 Art. 5º - Os requisitos para a participação dos animais no Torneio Leiteiro seguem os mesmos padrões exigidos na exposição de animais conforme regulamento da exposição agroleite.

 DA ENTRADA DE ANIMAIS

 Art. 6º - Os animais devem dar entrada no Parque de Exposições de 09/08/2018 a 13/08/2018 das 8h00min às 16h00min.

 DAS CATEGORIAS PARTICIPANTES

 Art. 7º - As fêmeas bovinas inscritas no Torneio Leiteiro da Agroleite serão distribuídas em três categorias independentes de suas raças:

  1. MAIOR PRODUÇÃO VACA JOVEM: animais com idade menor que 28 meses até a data de encerramento da Agroleite - 18/08/2018.
  2. MAIOR PRODUÇÃO VACA ADULTA: animais com idade maior ou igual a 28 meses considerando a data de início da Agroleite 14/08/2018.
  3. PRODUÇÃO POR APROXIMAÇÃO: não há restrição de idade animal para esta categoria.

DA DURAÇÃO

 Art. 8º - Para categoria produção o Torneio Leiteiro Agroleite terá 11 ordenhas no período de 14/08/2018 a 17/08/2018, conforme segue a programação abaixo.
 Campeonato Maior Produção Vaca Jovem e Maior Produção Vaca Adulta

Dia Ordenha Horário
14/08/2018 1º Ordenha Oficial 05:40 horas
14/08/2018 2º Ordenha Oficial 13:40 horas
14/08/2018 3º Ordenha Oficial 21:30 horas
15/08/2018 4º Ordenha Oficial 05:40 horas
15/08/2018 5º Ordenha Oficial 13:40 horas
15/08/2018 6º Ordenha Oficial 21:40 horas
16/08/2018 7º Ordenha Oficial 05:40 horas
16/08/2018 8º Ordenha Oficial 13:40 horas
16/08/2018 9º Ordenha Oficial 21:40 horas
17/08/2018 10º Ordenha Oficial 05:40 horas
17/08/2018 11º Ordenha Oficial 13:40 horas

Para a categoria aproximação o Torneio Leiteiro do Agroleite terá 9 ordenhas no período de 13/08/2018 a 17/08/2018, conforme segue a programação abaixo.

Dia Ordenha Horário
13/08/2018 1º Ordenha Oficial 17:00 horas
14/08/2018 2º Ordenha Oficial 05:00 horas
14/08/2018 3º Ordenha Oficial 17:00 horas
15/08/2018 4º Ordenha Oficial 05:00 horas
15/08/2018 5º Ordenha Oficial 17:00 horas
16/08/2018 6º Ordenha Oficial 05:00 horas
16/08/2018 7º Ordenha Oficial 17:00 horas
17/08/2018 8º Ordenha Oficial 05:00 horas
17/08/2018 9º Ordenha Oficial 17:00 horas

Art. 9º - As ordenhas oficiais terão duração máxima de 15 minutos para cada animal participante na categoria maior produção e de no máximo 10 minutos para cada animal participante do torneio de aproximação, sendo que ocorrerá um intervalo de no máximo 5 minutos entre os grupos de ordenha a serem definidos pela organização.

Art. 10º - As ordenhas serão realizadas por ordenhadeiras mecânicas, sendo a estrutura de vácuo e local de ordenha disponibilizadas pela Comissão Organizadora e os conjuntos de ordenha e latões são de responsabilidade dos produtores com a observação que os latões não podem ser transparentes.

Art. 11º - A sequência de ordenha dos animais será feita através de sorteio e será mantida até o final do Torneio Leiteiro.

Art. 12º - O latão utilizado para a ordenha será identificado pela Comissão Organizadora e este será utilizado pelo mesmo animal em todas as ordenhas.

Art. 13º - O manuseio dos latões, no início da ordenha e ao final da pesagem, será de responsabilidade do participante, sendo que o mesmo só poderá ser movido, levantado ou manejado durante o período da ordenha pela equipe organizadora do torneio leiteiro e em casos extremos.

Art. 14º - A pesagem do leite será feita por membros da Comissão Organizadora, usando balança previamente aferida. No entanto, o transbordo do leite do latão de ordenha do animal para o latão da equipe organizadora será de responsabilidade dos representantes do referido animal, inclusive a colocação do mesmo na balança.

Art. 15º - O latão destinado a pesagem deverá ser conservado sempre junto a balança durante o torneio e será recolhido nos intervalos das ordenhas pelos fiscais da Comissão Organizadora, igual cuidado de recolhimento deve ser dispensado a balança.

Art. 16º - A Comissão Organizadora, caso seja necessário, reserva o direito de recolher uma amostra do leite de cada animal por ordenha oficial, usando copos devidamente identificados. Serão feitas análises de sólidos totais, densidade e crioscopia, determinação esta feita em Laboratório designado pela Comissão Organizadora.

Art. 17º - Os resultados das produções serão exibidos no Espaço do Torneio, e serão atualizados diariamente no portal Agroleite – Torneio Leiteiro.

Art. 18º - O local do torneio terá acesso restrito ao público.  Não será permitido barulho no recinto durante as ordenhas oficiais.

Art. 19º - As substâncias químicas usadas para higienização de pré e pós dipping, bem como toalhas de papel e luvas para os ordenhadores, serão de responsabilidades dos participantes.

Art. 20º – Não serão permitidos estímulos internos, como apalpação, antes das ordenhas para liberação de ocitocina.

DA UTILIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS

Art. 21º - Não será permitido medicar os animais que participarão do Torneio Leiteiro do Agroleite após a entrada dos mesmos no parque de exposições.

Art. 22º - Durante a realização do Torneio, não será permitido o uso de qualquer medicamento (inclusive hormônio, soro e antibiótico) com aplicação endovenoso, subcutâneo e/ou muscular ou oral. Caso haja comprovação do uso, o animal será desclassificado. Uma vez identificado quaisquer resíduos de antibiótico no leite do animal participante durante as ordenhas do torneio o mesmo também será desclassificado.

DA ALIMENTAÇÃO DOS ANIMAIS

Art. 23º - A dieta dos animais será de responsabilidade dos participantes. O Agroleite disponibiliza alimentação volumosa, cabendo ao participante optar pelo uso ou não.

Art. 24º - Não haverá restrição ao uso de qualquer alimento ou bebida ao animal desde que não ocorra a ingestão forçada.

Art. 25º - A mão de obra para alimentar, cuidar e ordenhar os animais do Torneio Leiteiro será de responsabilidade dos participantes.

Art. 26º - A ingestão de todo e qualquer tipo de alimento pelo animal deverá ocorrer de maneira espontânea. É proibida a ingestão forçada via oral de qualquer substância, inclusive alimentos do tipo ‘tamponantes’ e ou ‘probiótica’;

DAS ACOMODAÇÕES DOS ANIMAIS

Art. 27º - A Comissão Organizadora será responsável pela distribuição dos animais no pavilhão. Estará disponível aos participantes somente argola e cama para acomodar os animais. Cabe ao participante providenciar as demais necessidades.  O número máximo de animais participantes para o torneio leiteiro será de 30 animais, salvo decisão extraordinária da comissão organizadora.

Art. 28º - Nenhum animal poderá sair do pavilhão onde ocorrerá o torneio. Havendo necessidade, somente será permitida a saída com a autorização da Comissão Organizadora. Caso esse procedimento não seja seguido, o animal será desclassificado do Torneio Leiteiro do Agroleite.

DA FISCALIZAÇÃO

Art. 29º - A Comissão Organizadora reserva o direito de fiscalizar todos os procedimentos e ações dos participantes do Torneio Leiteiro durante o evento.

DA PARTICIPAÇÃO

Art. 30º - A Comissão Organizadora convocará todos os participantes desta edição do Torneio Leiteiro para uma reunião de apresentação deste regulamento, data e local a definir.

DOS CASOS OMISSOS

Art. 31º - Os casos omissos, não tratados nesse regulamento, serão tratados pela Comissão Organizadora do Torneio Leiteiro do Agroleite.

Art. 32º - A Comissão Organizadora será a responsável pela formação de uma equipe de fiscais, que auxiliarão na condução das atividades.

DA PREMIAÇÃO

Art. 33º -  O leite produzido pelos animais participantes do torneio leiteiro, que possa ser comercializado, será entregue na conta leite AGROLEITE, este será contabilizado e com sua comercialização utilizado pela comissão organizadora como recurso para a premiação dos animais participantes.

Art. 34º -  A ordenha de maior volume e a ordenha de menor volume serão excluídas dentre as 11 ordenhas das categorias Maior Produção Vaca Jovem e Maior Produção Vaca Adulta.

Art. 35º -  A vaca jovem e a vaca adulta que obtiverem maior produção em quilogramas de leite descartando a maior e a menor ordenha, serão as campeãs dentro de cada categoria. Tabela de premiação.

Maior Produção Vaca Adulta
1° colocação Cheque R$ 3.000,00 + 500Kg de Núcleo Mineral Castrolanda (*R$ 4.000,00)
2° colocação Cheque R$ 1.500,00 + 500Kg de Núcleo Mineral Castrolanda (*R$ 2.500,00)
   
Maior Produção Vaca Jovem
1° colocação Cheque R$ 2.000,00 + 500Kg de Núcleo Mineral Castrolanda (*R$ 3.000,00)
2° colocação Cheque R$ 750,00    + 500Kg de Núcleo Mineral Castrolanda (*R$ 1.750,00)

*Valores aproximados de cada premiação.

Art. 36º - Para a categoria de produção por aproximação será excluída a maior ordenha oficial entre a 1ª e a 8ª ordenha, o valor referência de aproximação será de 160 litros totais, oriundo da soma da 9ª ordenha com as 7 ordenhas restantes. O animal que ultrapassar os 160 litros de produção total será desclassificado do torneio de aproximação.

Art. 37º - O animal vencedor será aquele que tenha a soma das ordenhas citadas mais próximas dos 160 litros e que tenha respeitado todas as outras regras existentes neste regulamento. Como caráter de desempate, será considerado campeã a vaca que tenha a menor idade entre os animais empatados.

Produção por Aproximação Torneio Leiteiro
1° Colocado Cheque R$ 2.000,00 + 500Kg de Núcleo Mineral Castrolanda (*R$ 3.000,00)
2° Colocado Cheque R$ 750,00    + 500Kg de Núcleo Mineral Castrolanda  (*R$ 1.750,00)

 *Valores aproximados de cada premiação.

DA COMISSÃO ORGANIZADORA DO TORNEIO LEITEIRO

A Comissão Organizadora do Torneio Leiteiro será composta pelas seguintes pessoas:

  • Coordenador Técnico do Agroleite: Eduardo Marqueze Ribas
  • Coordenador do Torneio Leiteiro:   Augusto Alfred Meierjürgen
  • Representantes do Comitê Pecuário: Armando Carvalho Filho e Mateus Simão
REALIZAÇÃO
PATROCINADOR DIAMANTE
PATROCINADOR OURO
PATROCINADOR PRATA
ASSOCIAÇÕES
APOIO INSTITUCIONAL